Moro num país tropical!

Não que eu tenha me dado conta disso só no Carnaval, mas essa data festiva aparece todo ano para me lembrar do quanto o Brasil é bonito por natureza. Nesse Carnaval em especial eu fiquei atento às ruas, as avenidas e aos blocos, e as cores alegres e divertidas só me encheram de energia.

Por outro lado, essa energia toda só aguçou a minha hiperatividade. Passei os quatro dias de Carnaval com as mais variadas cores pulando diante dos meus olhos e, antes que toda essa combinação caísse no samba do crioulo doido, resolvi me inspirar e organizar antes de levar essa energia toda para dentro de casa:

Já que o amarelo inunda a casa de luz e estimula a criatividade, o reservei para os espaços escuros, pois potencializa a luz natural.

Aprendi que o forte do laranja é ser fonte de energia, que personaliza cada canto. O vermelho, envolvente, mostra personalidade. Enquanto os verdes claros têm um tom mais atrevido, os escuros se revelam mais sofisticados. O azul, relaxante e tranquilo, ajuda a conciliar o sono. O lilás e o rosa dão um toque ingênuo e casam muito bem com o branco. Já o branco, além de transmitir paz, multiplica a luz e o espaço. O creme e bege passam serenidade e realçam a decoração. Tons terra são muito quentes e ajudam a criar um ambiente natural. O preto é a ausência de cor, então, o ideal aqui, é que ele seja utilizado apenas como recurso para realçar outras cores.

O ser humano é sensível e reage às cores de várias maneiras. Eu tenho a minha em especial, que ao longo desses meses vocês já devem ter conhecido, mas resolvi arriscar e ousar.

Quem quiser me acompanhar fique à vontade, basta estudar a sua paleta de cores e dar o primeiro passo para analisar os tons que mais se aproximam do objetivo do seu projeto.

Quem já possui peças coloridas pode ter o espaço todo pintado de branco, revestir o sofá com uma capa branca e ter, nos detalhes, as cores. Mas para quem já tem peças maiores, como por exemplo, sofás ou estantes em tons neutros, poderia então ousar na cor das paredes e também do teto. Por que não?

Se a coragem de ousar aumentar, abuse e deixe absolutamente tudo colorido, desde as peças maiores até os detalhes. Não se esqueça de que cada cor traz uma energia especifica para cada ambiente, então entre no ritmo, use a sua sensibilidade para percebê-las em cada detalhe.

Renovar as cores de um ambiente nos traz sensação de novidade, liberdade e até, certa dose de ousadia. Veja que beleza se deixar levar pela alegria: