Street Art: Inspiração para o dia a dia

Surgido no início dos anos 80 em Nova York, o grafitti moderno deu mais colorido às cidades, e nos últimos tempos foi elevado ao status de arte, com artistas de rua tendo seu trabalho exibido em importantes museus e galerias.

E não tem como negar que as pinturas de artistas que assinam com pseudônimos como Blu, Mesa, Osgemeos, Speto e Banksy, podem ser verdadeiras obras primas, e por alguns momentos nos tirar da cabeça as preocupações do dia a dia, o stress do trânsito e injetar poesia, cor, arte e transcendência no nosso cotidiano. Veja por exemplo que incríveis essas pinturas hiperrealistas do espanhol Mesa.

Uma tendência também muito legal e divertida da street art são as pinturas 3D no chão, que brincam com a perspectiva e criam um efeito muito bacana! Ninguém que passa por uma dessas fica indiferente!

Com uma ajudinha providencial da tecnologia, temos as animações “wall-painted”. O maior exponente deste sub-gênero é o italiano Blu. Veja só um de seus trabalhos, chamado Muto. É de cair o queixo!

A arte urbana é fonte inesgotável de inspirações. E São Paulo é uma das cidades em que ela está mais presente, tanto que publicações internacionais de prestígio como o New York Times já falaram sobre os artistas de rua paulistanos, como Osgemeos (a dupla Otávio e Gustavo Pandolfo), Nina, Boleta, Nunca, T. Freak, Zezão e muitos outros. E como o melhor jeito de explorar essa arte é andando pela cidade, fica a dica de um site com um roteiro sobre a arte urbana (http://www.cidadedesaopaulo.com/sp/br/o-que-visitar/roteiros/roteiros-tematicos/roteiro-arte-urbana) de São Paulo. Para os paulistanos e para quem é de fora e vai visitar a cidade, é um ótimo programa para o fim de semana!